Relatório de Déficit de Emissões de GEE – 2012

O UNEP (United Nations Environmental Programme ou Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) divulgou o 3º Relatório Síntese sobre o Déficit de Emissões de Gases de Efeito Estufa para este ano de 2012 (Emissions Gap Report 2012).

Fonte: UNEP

    O Relatório é realizado desde 2010 e diz respeito à questão da ambição (o que se deseja) aliado aos compromissos de cada país com relação à redução das emissões. O déficit em 2020 é a diferença entre os níveis de emissões concernentes com a meta climática dos 2º C e os níveis de emissões previstos, caso os compromissos de redução dos países forem cumpridos. Se existir um déficit, existem então dúvidas sobre se a ambição dos países é suficientemente importante para cumprir com a meta climática acordada de 2º C.

   O PNUMA (UNEP) reuniu grupo de 55 cientistas e especialistas de 43 grupos científicos oriundos de 22 países para produzir este terceiro relatório sobre o déficit de emissões, que aborda, resumidamente, o seguinte:

– Uma atualização das estimativas das emissões mundiais de gases com efeito de estufa, com base em várias fontes científicas oficiais;

– Uma visão geral dos níveis de emissões nacionais, tanto atuais (2010) como previstas (2020) consistente com os compromissos atuais, entre outros acordos;

– Uma estimativa do nível das emissões mundiais consistente com a meta dos dois graus (º C) em 2020, 2030 e 2050;

– Uma atualização da avaliação do déficit de emissões para 2020;

– Uma análise de exemplos selecionados de progressos rápidos feitos em várias partes do mundo para implementar políticas que já produzem resultados em reduções substanciais das emissões. Estas políticas podem contribuir de forma significativa para reduzir o déficit, se forem implementadas em grande escala e reproduzidas noutros países.

     Um dos dados preocupantes, conforme este 3º Relatório, e que deve ser levado em conta nas políticas públicas de governos locais, estaduais e em nível nacional é que as emissões mundiais atuais são já consideravelmente mais elevadas do que o nível de emissões consistente com a meta dos 2º C em 2020; e continuam a aumentar.

Fonte: UNEP

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: