Problemas de saúde persistem após 27 anos em Chernobyl

     Já se passaram 27 anos da catástrofe nuclear de Chernobyl. No entanto, os problemas decorrentes da radiação continuam afetando a população da Bielo-Rússia. Conforme as informações da Agência EFE, um terço (1/3) da população apresenta alguma patologia de tireoide devido à catástrofe nuclear.

    Conforme os especialistas, a Bielo-Rússia foi mais afetada, com consequências adversas do acidente de 1986, do  que a Ucrânia. Após quase três décadas, os médicos observam entre a população do país a persistência da “síndrome de Chernobyl”, um transtorno de ansiedade relacionado com fobias da radiação, e câncer. A síndrome afeta mais as mulheres.

    A maior parte dos habitantes das zonas mais contaminadas do país sofrem ansiedade e estresse pós-traumático, enquanto os jovens entre 19 e 25 anos têm medo da radiação.

     Esta fobia afeta cerca de 40% das pessoas com idade entre 41 e 50 anos, testemunhas da tragédia. Com relação às patologias oncológicas, os médicos têm diagnosticado com bastante frequência a leucemia, notadamente em crianças.

    A explosão ocorrida na madrugada de 26 de abril de 1986 no quarto reator da Usina Nuclear de Chernobyl lançou 200 toneladas de material radioativo, o que equivale a 500 bombas atômicas semelhantes às lançadas sobre Hiroshima, durante a Segunda Guerra Mundial. Até hoje, mais de 300 localidades estão com níveis de radiação muito acima do máximo permitido por lei.

    Será que vale a pena investir em energias que apresentam risco elevado para saúde e meio ambiente? Até quando a população vai, literalmente, pagar esta conta, com sua saúde (física e mental)? Não tenho respostas. Mas tenho esperanças de que o mundo, certamente, ficará bem melhor. Creio nisso!

 Fonte: Agência EFE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: