Tendências do Saneamento, em nível global

     Considerando análise do período de 1990 a 2011, a publicação JMP (2013), da Organização Mundial da Saúde, informa que em 2011, quase dois terços, ou, ainda 64% da população mundial tiveram melhorias nas instalações sanitárias, enquanto 15% continuaram sem saneamento, especificamente, sem sequer vaso sanitário.

lixo_2
Foto: Arquivo pessoal

    Desde 1990, quase 1,9 bilhão de pessoas passaram a ter acesso e melhoria de instalações sanitárias. O mundo, no entanto, permanece longe de atender as metas estipuladas nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) concernente ao saneamento, cuja meta exige a redução da proporção de pessoas sem acesso ao saneamento, cujo dado era de 51% em 1990, para 25% em 2015.

    Com relação à cobertura de saneamento, a publicação noticia que o maior progresso foi realizado no leste da Ásia, onde a cobertura aumentou de 27% em 1990 para 67% em 2011. Este acréscimo no percentual equivale a mais de 626 milhões de pessoas que ganharam acesso a melhoria das instalações sanitárias ao longo do período de 21 anos.

Fonte: WHO, 2013 (Joint Monitoring Programme (JMP) for Water Suplly and Sanitation 2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: