Segurança do Cidadão – evidências para a América Latina

      O PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) publicou na primeira semana de novembro o Relatório Regional de Desenvolvimento Humano 2013-2014 para a América Latina, que mapeia os problemas do crime e da violência nesta região e oferece recomendações importantes para melhorar as políticas públicas sobre a segurança do cidadão. O relatório baseia-se na Relatório de Desenvolvimento Humano da América Central, do PNUD, lançado em 2009, e do Relatório de Desenvolvimento Humano do Caribe de 2012.

     Este relatório analisa, em profundidade, o fenômeno da segurança dos cidadãos, estudando as experiências bem-sucedidas, e propondo recomendações concretas para melhorias.

Como destaques, tem- se as seguintes informações:

– A América Latina registra mais de 100 mil homicídios por ano.

Em 11 dos 18 países avaliados a taxa é superior a 10 homicídios por 100 mil habitantes.

Um em cada três latino-americanos relatou ser vítima de um crime violento em 2012.

– Em todos os países analisados, mais de 80 por cento dos presos não completaram 12 anos de escolaridade.

– A maioria dos países com um crescimento da população urbana acima de 2 % ao ano também relataram aumentos nas taxas de homicídios.

Fonte: PNUD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: