Proposta de modelo do novo paradigma de desenvolvimento

     O reino de Butão no relatório “Hapiness: Towards a new development paradigm” faz uma proposta que começa com uma visão de felicidade da sociedade, que considera um objetivo coletivo para a humanidade. Mencionado objetivo permite que as necessidades de todos os seres humanos sejam observadas, considerando os limites planetários, e não apenas atende aos “desejos” de alguns (NDP, 2013).

     O modelo proposto, baseado na filosofia da Felicidade Nacional Bruta-FIB (Gross National Hapiness– GNH), tendo a felicidade da sociedade como sua visão orientadora, traz 5 componentes: 1) necessidades; 2) agenda de desenvolvimento holístico; 3) Habilidades de felicidade; 4) uso responsável dos recursos e 5) Resultado: sociedade justa e sustentável.

     O índice FIB é composto por nove domínios:

– diversidade ecológica e resiliência;

– padrões de vida;

– saúde;

-educação;

– diversidade cultural e resiliência;

– vitalidade da comunidade;

– uso do tempo e equilíbrio;

– boa governança;

– bem-estar psicológico.

      Existem limitações do índice FIB, até porque mencionado índice não tem a intenção de ser a medida da felicidade, isto seria uma má interpretação do índice. O índice FIB é “destinado a orientar as pessoas e a nação em direção à felicidade”, melhorando as suas condições (NDP, 2013).

Fonte: NDP Steering Committee and Secretariat, 2013. Happiness: Towards a New Development Paradigm. Report of the Kingdom of Bhutan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: