REDD+ e a estratégia brasileira

     REDD+ (Redução de Emissões provenientes de Desmatamento e Degradação Florestal) é uma estratégia em discussão na UNFCCC (Convenção Quadro das Nações Unidas de Mudanças Climáticas) que, de alguma maneira, oferece compensações aos países em desenvolvimento que reduzirem as suas emissões de GEE, ou, ainda, que investirem em práticas de baixo carbono correlacionadas ao uso da terra.

     O Ministério do Meio Ambiente está disponibilizando em sua página na internet informações sobre a estratégia brasileira de REDD+; portanto as informações aqui presentes foram retiradas de mencionado site.

     Conforme o MMA, a estratégia nacional da REDD+ define como um país em desenvolvimento reduzirá suas emissões oriundas de desmatamento e degradação com apoio financeiro, técnico e tecnológico adequado e previsível. A COP 16, que ocorreu em 2010, no México, indicou que os países considerassem as causas do desmatamento e da degradação florestal, as questões fundiárias e, ainda, de governança florestal.

     Mais recentemente, em novembro de 2013, houve a COP 19, em Varsóvia. O Brasil retornou de mencionado evento com novos insumos para agregar a sua estratégia nacional de REDD+, que, atualmente, encontra-se em fase de discussão na esfera governamental.

Fonte: MMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: