Construindo resiliência para riscos globais – parte 3 -final

     O Relatório Riscos Globais 2013 traz uma Pesquisa de Percepção de Riscos Globais (GRPS): Resiliência, em que foram convidados mais de 1.000 países entrevistados, por risco, para responder a seguinte pergunta: “Se este risco se materializar em seu país , qual é a capacidade do país para se adaptar e/ou recuperar do impacto?”

     Conforme o Relatório, esta questão permite compreender as percepções da capacidade de um país para se adaptar e/ou recuperar do impacto de riscos globais. Na pesquisa, os entrevistados avaliaram essa habilidade a respeito das cinco categorias de riscos globais: econômico, ambiental, geopolítica, sociedade e tecnologia.

     Assume-se que os riscos globais econômicos têm probabilidade alta de impactar o subsistema econômico do país, e os riscos globais ambientais de impactar, com alta probabilidade, o subsistema ambiental do país.

      Os dados coletados a partir da pesquisa permitiram conhecer a análise de 10 países: Brasil, China, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Suíça, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos.

    Os resultados apontam que a Suíça é o país com maior capacidade de adaptação e/ou recuperação de riscos globais econômicas e ambientais. A Itália e a Índia foram classificadas em nível de capacidade de resiliência relativamente baixa. O Japão tem uma capacidade de resiliência comparável à Suíça para se adaptar e recuperar-se de riscos ambientais, ma em termos de riscos econômicos a capacidade de resiliência é inferior. Isto pode ser um reflexo da frustração sobre a posição econômica do Japão e o risco de recessão.

Fonte: WEF, 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: