Consultoria ambiental em manejo sustentável da Caatinga

     Tem edital aberto, no Ministério do Meio Ambiente, por meio do Projeto de Organismo Internacional PNUD – BRA/11/001, para consultores na área ambiental, para realizar o trabalho de elaboração de proposta para a difusão de boas práticas de manejo sustentável de caatinga para a pecuária, por meio:

 1) do levantamento e sistematização de técnicas de manejo e experiências bem sucedidas de manejo sustentável de caatinga para a pecuária,

 2) da análise dos fatores ambientais e socioeconômicos que impediram a adoção das técnicas e a difusão das experiências bem sucedidas, em larga escala, de manejo de caatinga para pecuária; e

 3) da identificação das oportunidades e medidas necessárias para a adoção em larga escala do manejo sustentável da caatinga para a pecuária.

     A data limite para inscrição me 17/07/2013. A duração da consultoria são seis meses. Maiores informações, cliquem aqui.

     O BRA/11/001 é um projeto da Secretaria de Biodiversidade e Florestas – SBF que tem como objetivo cooperar com o empenho nacional de implementar os dispositivos da Convenção sobre a Diversidade Biológica, da Convenção sobre Zonas Úmidas de Importância Internacional (Convenção de Ramsar), da Convenção das Nações Unidas de Combate a Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca – UNCCD e do Programa Antártico Brasileiro – PROANTAR, ao prover suporte técnico ao Ministério do Meio Ambiente ao:

1) contribuir para a implementação de compromissos assumidos na Convenção sobre a Diversidade Biológica;

2) Planejar as políticas publicas integrando as diretrizes e programas das Convenções sobre a Diversidade Biológica e a Convenção sobre Zonas Úmidas de Importância Internacional (Convenção de Ramsar);

 3) Promover ações e atividades do segmento ambiental do Programa Antártico Brasileiro relacionadas a acordos internacionais associados ao Sistema do Tratado da Antártica; 4) Implementar ações para a conservação e uso sustentável da caatinga, visando o combate a desertificação e a mitigação dos efeitos da seca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: