Relatório do IPCC e o impacto humano

     A estimativa central do 5º Relatório do IPCC (AR5) é que o aquecimento global é provavelmente superior a 2º C, este limite é além do qual os cientistas pensam que o aquecimento global pode começar a causar sérias mudanças para o planeta. Esse limiar é susceptível de ser alcançado, mesmo se ocorrerem redução das emissões globais de gases de efeito estufa, o que até agora não aconteceu, de acordo com o Relatório.

     Conforme o 5º Relatório do IPCC:

• As concentrações atmosféricas de dióxido de carbono (CO2), metano e óxido nitroso estão agora em níveis “sem precedentes pelo menos nos últimos 800 mil anos”. A queima de combustíveis fósseis é a principal razão deste aumento de 40% das concentrações de CO2 desde a revolução industrial.

• Desde a década de 1950 é “muito provável” (95%) que as atividades humanas têm sido a causa dominante do aumento da temperatura.

• As temperaturas globais devem subir de 0,3ºC para 4,8ºC, até o final do século, dependendo de quanto os governos consigam controlar as emissões de carbono para a atmosfera.

• Os níveis do mar devem subir de 26 a 82 centímetros até o final do século.

     Thomas Stocker, co-presidente do grupo de trabalho sobre ciência física, alerta de forma clara: “damos orientação muito relevante no AR5 sobre a quantidade total de carbono que não pode ser emitida, para atender o patamar de aumento de temperatura entre 1,5º C a 2º C, meta que foi acordada pelos governos do mundo. Nós não estamos no caminho que nos levaria a respeitar essa meta.”

Fonte: IPCC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: