Relatório Preliminar – Lacunas de adaptação (parte 3 – final)

     Conforme o Relatório Preliminar – Lacunas de adaptação, da UNEP, são poucas as sociedades, na atualidade, que são capazes, ou estão preparadas, para investir os recursos financeiros de adaptação requeridos para trazer os riscos e impactos das mudanças climáticas aos limites técnicos e físicos mais baixos associados à adaptação.

     Algumas sociedades podem considerar essas opções caras e podem preferir alocar os recursos para outras prioridades, tolerando, assim um nível maior de risco de impactos climáticos. Por exemplo, eles podem preferir melhorar seu bem-estar por meio do investimento em saúde ou educação, ou reduzir outros riscos, tais como terremotos ou ainda conflitos. Cidades que atualmente estejam fora da zona de tempestades tropicais podem decidir suportar os riscos de baixa probabilidade de ocorrência de grandes tempestades ao invés de enfrentar os custos de adaptação a estes eventos extremos, ou ainda podem acreditar que as perdas econômicas associadas com eventos de inundações ocasionais serão menores ao invés de terem de arcar com o custo de uma grande infraestrutura de solução para inundações ocasionais.

    Assim, e, para finalizar, as metas de adaptação dependem do nível de desenvolvimento econômico e como isso influenciará os recursos que podem ser alocados para a adaptação.

Fonte: UNEP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: