Respeito ao meio ambiente se aprende na escola

    Ainda sobre Educação Ambiental como parte integrante das atividades letivas dos alunos (crianças e adolescentes) das escolas, hoje (11/09) e amanhã está acontecendo a II Mostra da Educação Ambiental da Rede Estadual de Ensino, em uma das escolas da rede estadual, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza/CE.

     Importante dizer que momentos como este são fundamentais para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, para a construção do sonho do cenário ideal, em termos de sustentabilidade.

      Educação Ambiental não é uma tarefa assim tão fácil! Reitero o que disse em outra oportunidade: a Educação Ambiental se constitui em um processo lento, gradativo, persistente, insistente, dinâmico e com inúmeras variáveis (temporais e espaciais).

     A História da Educação Ambiental do Ceará não se inicia com a instituição da Política Estadual de Educação Ambiental (Lei Estadual n. 14.892, de 31/03/2011). Também não se iniciou quando da instituição da Política Nacional de Educação Ambiental no Brasil (Lei Federal n. 9795/99); mas muito antes disso já desenvolvíamos programas e projetos que, certamente, tiveram reflexo positivo na sociedade atual.

      O Programa de Educação Ambiental do Ceará – PEACE, sua primeira edição data de 1997 e teve como embasamento teórico-metodológico o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Ceará 1995-1998.

       Acreditem, muita coisa mudou! Percebo os governos locais cearenses mais atentos à questão ambiental. Os agentes públicos e privados sabem o que fazer; muitas vezes faltam recursos (financeiros, humanos, qualificação, dentre tantos). Mas muita coisa tem sido feita nos últimos 15 anos.

      Estamos neste espaço e tempo juntos. Temos obrigações uns com os outros. É o que alguns autores (sábios mestres) tanto falam: solidariedade. Esta não pode ser apenas uma palavra quando se fala em sustentabilidade.

     Solidariedade deve ser uma realidade constante, contínua, definida e precisa: para com esta e com as futuras gerações. Prover e repassar informações ambientais (em quantidade e qualidade) para além de uma obrigação legal (instituída pela Lei 6938/81) é um ato de solidariedade.

      Hoje, durante a II Mostra da Educação Ambiental, tive oportunidade de rever ex-alunos que hoje são mestres dos meninos e meninas participantes do evento. Quanta emoção! Tive o contentamento de conhecer o trabalho de docentes e discentes de todo o nosso querido estado do Ceará que, com tanto esmero, trouxeram experiências exitosas de cunho científico, além das belas apresentações teatrais, musicais, de dança e poesia.

      O respeito ao meio ambiente se aprende na escola, com valorização dos profissionais do ensino e com o protagonismo dos jovens e adolescentes. Fica, então, a dica do Blog Verde, se quiserem participar, confiram aqui a programação.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: